De 2014 a 2017 vivemos um sonho coletivo: o Festival Sul Americano dos Sagrados Saberes Femininos – Medicinas da Mãe Terra.
Desde a primeira edição nos demos conta da grandeza desse rezo.
Não cabia em nossas mentes e em nada na terceira dimensão, tudo o que acontecia nos Festivais.
Vivíamos transbordamentos de amor e transformações coletivas, que eu nem sonhava que seriam capazes.
Vivíamos trocas tão profundas nesses dias, que sinto que o festival acontecia numa outra dimensão, um universo paralelo onde vivíamos a nossa real essência na terra.
Aprender com abuelas, mulheres medicinas, anciãs de diversas tradições, indígenas de diversas etnias, terapeutas,artistas, e nesse mergulho ir de encontro a nossa luz, foi transformador para todas as vidas que foram tocadas pelo Festival.
Mas, em 2017, no auge da beleza e grandeza do Festival, a Coruja pediu uma pausa. Nossas vidas pediram que déssemos atenção a outros passos da nossa caminhada.
Eu senti que a coruja já tinha dado seu voo e o ciclo do Festival havia se encerrado.
Até que, das profundezas do inverno de 2020, em meio ao recolhimento da quarentena, na fase da minha anciã interna, a coruja voltou a se comunicar comigo.
Foram dias de sonhos e visualizações incessantes do festival, da coruja sabia, e de toda a energia manifestada nos festivais.
E a comunicação foi forte como a semente adormecida que rompe de dentro do inverno: ”Estamos vivendo o parto de uma nova era, onde estamos aprendendo a SerVir sem nossos corpos. Onde a Presença está sendo reinventada, e onde todos esses saberes de luz, transmutarão a escuridão da ilusão”.
E a coruja, sacudiu suas imensas asas, coberta de terra e raizes, e sem peso nem apego, alçou voo novamente.
Em 2020, em meio a uma das maiores pandemias da história, o Festival Medicinas da Mãe Terra renasce e se re-inventa trazendo toda a potência de alcance do online. E toda a equipe de mulheres do Saberes da Mãe Terra ,entram junto nessa empreitada como produtoras.
Serão mais de 50 encontros,oficinas, vivências, cerimônias e performances artísticas em 9 dias de muitas sabedoria, arte, amor e cura!